Aumentar fonte:

Participação feminina no Tesouro Direto atinge novo recorde

O percentual de mulheres cadastradas no programa cresceu de 27,9% em janeiro de 2018 para 28,2% em fevereiro de 2018.

Em fevereiro, o número de mulheres cadastradas no Tesouro Direto atingiu a marca de 24,9 mil, 35,8% dos novos cadastros. Com isso, a base de mulheres cadastradas no programa estabeleceu um novo recorde de 558,8 mil, o que corresponde um crescimento de 55,4% em relação a fevereiro de 2017. O número total de investidores cadastrados no mês de fevereiro de 2018 somou 69.829, um crescimento de 38,33% em relação a fevereiro de 2017. Em decorrência disso, a base total de investidores continua a crescer e se aproxima da casa dos 2 milhões, com a marca recorde de 1,985 milhão. O total de investidores ativos também foi o maior da série, com 581.415 pessoas.

No mês de fevereiro foram realizadas 174.279 operações de investimento em títulos do Tesouro Direto, no valor total de R$ 1,185 bilhão. Durante esse mês, os resgates foram de R$ 1,464 bilhões e deveram-se a R$ 130,9 milhões em vencimentos e R$ 1,333 bilhão em recompras. Com isso, houve resgate líquido de R$ 278,93 milhões e o estoque fechou em R$ 47,310 bilhões, um crescimento de 0,15% com relação ao mês anterior (R$ 47,2 bilhões) e aumento de 10,9% comparado a fevereiro de 2017 (R$ 42,9 bilhões).

O título mais demandado pelos investidores foi o título indexado à taxa Selic (Tesouro Selic), com R$ 552,9 milhões, representando 46,6% das vendas. Em seguida, as vendas de títulos indexados à inflação (Tesouro IPCA+ e Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais) somaram R$ 426,2 milhões e corresponderam a 36,0% do total enquanto as de prefixados (Tesouro Prefixado e Tesouro Prefixado com Juros Semestrais), totalizaram R$ 206.50 milhões ou 17,4%. Nas recompras, predominaram os títulos indexados a índices de preços, totalizando R$ 646,9 milhões (48,5%), seguidas por R$ 462,38 milhões (34,7%) em Tesouro Selic e R$ 221,9 milhões (16,6%) em prefixados.

Tendo em consideração o prazo, as aplicações em títulos com vencimento entre 1 e 5 anos representaram 8,2% e as com prazo entre 5 e 10 anos, 66,6% do total. 25,2% dos investimentos foram feitos em títulos com vencimentos acima de 10 anos.

Estoque

Em fevereiro, os títulos remunerados por índices de preços totalizaram R$ 29,0 bilhões do estoque do programa, sendo os mais representativos (61,5% do total). Na sequência, vêm os títulos indexados à taxa Selic, com participação de 24,7%, e os títulos prefixados, com 13,7%.

Com relação à maturação, a parcela com vencimento em até 1 ano fechou o mês em (2,3%) enquanto o do estoque vincendo de 1 a 5 anos foi de 45,1% e o percentual acima de 5 anos somou 52,6%.

O balanço completo do Tesouro Direto está disponível em https://www.tesouro.fazenda.gov.br/pt/balanco-e-estatisticas.